Cuidando do seu Bebê – O décimo primeiro mês

O comportamento social e pessoal da criança, aos onze meses, demonstra formação da personalidade mais desenvolvida.

Quanto ao desenvolvimento do bebê, no décimo primeiro mês, o peso médio dos meninos é de 9650g e das meninas 9400g. A Estatura média é de 73cm para os meninos e 72cm para as meninas. O ganho de peso mensal é de 300g.

Agora o bebê já percebeu como é bom ficar de pé, e gosta tanto que se recusa a sentar. Levanta-se sozinho, ficando primeiramente de quatro, com as mãos e os pés no chão. ele quer ficar de pé na cadeira, na banheira, no meio do quarto, no carrinho, o que é um grande perigo e precisa ser constantemente vigiado. Porém, ainda é engatinhando que ele quer andar por todo o quarto, sala e cozinha, e subir as escadas será a sua próxima conquista. É bom que ele se movimente bastante assim, pois precisa disso para desenvolver sua musculatura.

Apesar de todas as suas atividades e inteligência, aumenta muito a dependência de sua mãe e vive se intrometendo e atrapalhando as tarefas dela. Então, tenha paciência pois é mais uma fase do desenvolvimento do seu filho.

Já consegue ver os pássaros à distância, olha as figuras das revistas com interesse, virando as páginas, muitas ao mesmo tempo. Rabisca com o lápis, sacode o chocalho e já sabe tirar as meias ou desamarrar os sapatos. A audição está melhorando, reconhece palavras para os objetos, como avião, carro, cachorro, imitando os seus sons. Já fala mais ou menos cinco palavras. Fala enrolado e alguns sons são ininteligíveis. Ainda repete várias vezes as palavras que já sabe.

Quanto à educação, o melhor caminho para ensinar é ter um bom e alegre relacionamento com seu filho. aos onze meses deverão ser evitados castigos físicos (palmadas) ou ordens de cara fechada para travessuras inocentes. A obediência do bebê está condicionada à sensibilidade de sua mãe em perceber e aceitar suas limitações e suas inclinações. Os bebês entendem o que significa a palavra “não”; entende ordens não somente pelas palavras, mas também pelos gestos e pela expressão facial da mãe. Eles são espertos, aprendem a testar o “não” materno e até onde vai o limite da tolerância. Alguns já bem sabidos tentam enganar a mãe, fazendo o proibido escondido, mas se perceberem que a mãe está atenta, sorriem, disfarçam e partem para outra. Começa o “acesso de raiva” se ele percebeu o poder que tal gesto lhe dá para vencer os outros. Nesses casos, o melhor nesta idade ainda é não castigar, bater ou gritar, mas sim deixá-lo até se cansar e não obter o desejo inconveniente. A imitação continua sendo o grande fator na educação. Eles aprendem o que os pais e adultos fazem na frente deles durante o primeiro ano de vida.

11mesesAntes de terminar o primeiro ano de vida, já no 11º mês, alguns conselhos são importantes quanto à alimentação do bebê:

  1. Se o bebê não sentir fome logo ao acordar, é importante dar-lhe um copo d’água ou de suco de fruta sem açúcar, e , 15 a 20 minutos depois, ele sentirá fome, aceitando a mamadeira ou a refeição;
  2. O bebê poderá começar a querer mastigar, mas é necessário agir progressivamente. Ao invés de oferecer um purê de batata, tente amassá-la na sua frente, com o garfo, e então oferecê-lo, ou então a batata picada em pedaços pequenos. Somente entre os dezoito meses e dois anos é que a vcriança conseguirá mastigar satisfatoriamente;
  3. Dedique tempo suficiente às refeições, sem se mostrar apressada ou inquieta. O bebê deverá, sempre que possível, aprender a comer tudo. a sobremesa deve ser dada, especialmente aquelas pelas quais a criança revelar preferência. Já é possível oferecer sorvete ao seu bebê.

FORMAÇÃO DA PERSONALIDADE NO DÉCIMO PRIMEIRO MÊS

Evolução motora: O bebê se senta para apanhar uma bola. Dá uns passos, levado pela mão.

Comportamento emocional: Manifesta sinais de irritação (fica rabugento). Exprime alegria. Nota outras crianças e se aproxima.

Capacidade de adaptação: Entende palavras repetidas. Obedece a algumas ordens.

Progresso da linguagem: Imita o que ouve e solta algumas palavras de acordo com o seu desejo. Tem noção de tempo e espaço, compreendendo expressões como onde? e aqui, voltando para o lugar apontado.

Comportamento pessoal e social: Segura o copo para beber. Puxa os adultos para brincar.

Brinquedos: Deve-se preferir os brinquedos que estimulem o espírito de grupo, a cooperação e a construtividade, como grandes cubos de encaixar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CommentLuv badge