Cuidando do seu Bebê – O décimo mês

Além de balbuciar as primeiras palavras, aos dez meses, a criança usa o polegar e o indicador, agarrando firme os objetos a seu alcance e geralmente levando-os à boca.

Quanto ao desenvolvimento do bebê, no décimo mês, o peso médio dos meninos é de 9350g e das meninas 9100g. A Estatura média é de 71cm para os meninos e 70cm para as meninas. O ganho de peso mensal é de 300g.

Aos dez meses o bebê começará a dizer uma palavra que o acompanhará por toda a infância – “não” -, e um sentimento que também o seguirá para o resto da vida – o ciúme. O bebê chora se outra criança for mimada pela sua mãe.

10mesesOutra particularidade se manifestará: o raciocínio. Se a sua bola rolar para debaixo de um armário, ele procurará afastá-lo para apanhá-la, e se não conseguir, procurará engatinhar e se arrastar para obtê-la. sua expressão fisionômica já revela bem as diferentes emoções, se está aflito, triste, zangado, desconfortável ou feliz. Demonstra alegria quando seu pai chega em casa. Suas atividades motoras são extraordinárias: engatinha esticado, com o bumbum para o alto, e depois levanta sozinho; carrega dois objetos com uma só mão; sacode as mãos para dar tchau; põe um chapéu de brincadeira; sabe a finalidade de alguns objetos; olha o que tem dentro de uma caixa e pega o que puder; anda de lado, apoiado num móvel; segura um brinquedo com uma mão enquanto usa a outra para fazer algo.

A linguagem já está progredindo, e ele diz uma ou duas palavras além de papá, mamã e babá. Repete as palavras continuamente.

Aos dez meses já está na hora de levar a educação do bebê mais a sério. a imitação começa a desempenhar um papel importante nos ensinamentos. É o melhor meio, e o mais prático de ensinar. As crianças sempre aprendem o que fazemos na frente delas, mas nem sempre o que dizemos. Lavar as mãos antes das refeições, escovar os dentes, pentear os cabelos e agradecer os serviços prestados são práticas diárias que ela imita e incorpora em seu dia a dia.

Em relação à alimentação,deve-se começar a dar ao bebê pequenos pedaços de alimentos que se desmanchem na boca com facilidade, como batata, pêssego em compota, pera, etc. Se o bebê quiser comer sozinho, deve-se deixá-lo usar as próprias mãos para comer, mesmo que ele leve a comida às orelhas e aos cabelos. Assim, ele pode se animar e comer tudo com mais prazer.

FORMAÇÃO DA PERSONALIDADE NO DÉCIMO MÊS

Evolução motora: O bebê fica de pé, segura-se à grade do berço, apreende melhor os objetos, porque o polegar já se opõe aos outros dedos.

Comportamento emocional: Demonstra reações de desagrado quando privado da companhia de pessoas amigas.

Capacidade de adaptação: Prefere ficar de pé ou sentado quando está acordado.

Progresso da linguagem: Já diz “papá”, “mamã”, “dá” ou outra palavra, de acordo com seus desejos. De dez a doze meses começa a descobrir que algumas combinações de sons, repetidas muitas vezes, trazem a possibilidade de ele conseguir realizar seus desejos, principalmente a milagrosa combinação “mamã”, com a qual obtém tudo aquilo que deseja: alimento, colo ou diversão.

Comportamento pessoal e social: Ele é capaz de fazer algumas imitações, dá até logo com as mãozinhas e bate palmas. Come biscoitos e torradas sozinho. Usa o dedo indicador para exploração.

Brinquedos: O andador é o preferido, permitindo-lhe ir aonde desejar, sem o auxílio dos pais. Que alegria!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CommentLuv badge