O valor dos brinquedos para o bebê

binquedo bebeO bebê começa a “brincar” com brinquedos com quatro ou cinco meses. Mas ao quinto mês, o bebê não brinca realmente com seus brinquedos, e sim os prova, lambe, morde, atira fora quando se aborrece deles. O tempo de interesse é curto. Os brinquedos ajudam o bebê a se divertir e a se descontrair, ajudam no desenvolvimento das suas atividades motoras, fornecem informações e idéias, testam a sua sensibilidade, fortalecem os contatos familiares e sociais, induzem à compreensão do mundo ao seu redor e permitem aos pais descobrir o passatempo preferido dos seus filhos.

Os brinquedos para os bebês devem ser leves, principalmente de plástico; alegres, com cores vivas; grandes, para não serem engolidos nem levados à boca; sem pontas ou arestas, arredondados; de consistência variável, uns duros outros macios, lisos ou ásperos; que possam ser agarrados e sacudidos; devem ser lavados com água e sabão neutro duas vezes por semana.

As crianças de qualquer idade precisam de brinquedos. Não é necessário ter muitos, o importante é que sejam adequados para cada faixa etária. A característica essencial do brinquedo infantil não está no material usado ou no seu tipo de função, nem ainda no resultado obtido, mas na atitude subjetiva, ou seja, o que a criança sente durante a brincadeira. Essa atitude é a vivência do prazer, de uma alegria intensa, que é essencial para a formação da personalidade da criança.

A necessidade de recreação é básica em toda a infância. Os pediatras costumam encontrar  distúrbios de comportamento em crianças que não suprem essa necessidade, e os sintomas vão desde a agressividade às alterações no sono e à grande irritabilidade, e mais tarde à falta de boa adaptação social e mais adiante ainda a baixo rendimento escolar.

As funções mais importantes dos brinquedos são:

  • aprendizado concreto do mundo exterior;
  • imitação de papéis sociais, de professora, de pai, de mãe, de médico;
  • construção da criatividade;
  • treinamento das funções corporais, sobretudo das pernas e dos braços, e de modo geral de todo o organismo.

 

5 thoughts on “O valor dos brinquedos para o bebê

  • 25 de fevereiro de 2016 at 23:14
    Permalink

    Concordo com as funções tem brinquedos que não servem para nada só para gastar dinheiro inutilmente

    Reply
  • 1 de junho de 2016 at 15:43
    Permalink

    Essa fase oral do bebê é fogo. A gente fica sempre preocupada com o que ele vai colocar na boca. Precisei ler para entender que é normal e saber como lidar.

    Reply
  • 9 de novembro de 2016 at 3:12
    Permalink

    É preciso ter bastante atenção a faixa indicativa de idade, alguns brinquedos têm peças que podem ser aspiradas ou engolidas pelos pequenos. Se forem adequados a idade, então só resta a diversão.

    Reply
  • 23 de novembro de 2016 at 12:46
    Permalink

    Todo cuidado é pouco, nessa fase a criança, quer por tudo na boca, não tem pra onde correr, o jeito é tomar muito cuidado com o brinquedo que deixa seu filho brincar.

    Reply
  • 23 de novembro de 2016 at 13:07
    Permalink

    Essa faixa etária é um perigo, se não tiver cuidado com o brinquedo que damos as nossas crianças, eles podem está ingerindo facilmente, se for algo que caiba na boca.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge